quinta-feira, 14 de novembro de 2013

O Novo Consumidor Do Mercado Imobiliário

Oferta do mercado imobiliário cria o perfil de consumidor 3.0



Com os recentes avanços tecnológicos e a grande oferta no mercado imobiliário, surge o consumidor 3.0. Este novo perfil de comprador se caracteriza mais exigente, tanto do ponto de vista jurídico, como também de qualidade, preço e prazo de entrega. Cada vez mais comunicativo e conectado com as tendências do mercado, ele se preocupa com a maquete na hora de decidir pelo tão sonhado imóvel.

“As construtoras tiveram que se adaptar rapidamente a esse perfil para manter e aumentar as vendas. Uma das alternativas foi investir na qualidade e tecnologia empregada na maquete, que além de reproduzir na íntegra o apartamento, proporciona uma experiência incrível na visualização”, explica Fabio Fogassa, diretor da Adhemir Fogassa Maquetes, maior empresa do mundo e referência no setor.

Com as mudanças do mercado e o aumento das inovações tecnológicas na área de vendas, as empresas agora disponibilizam de ferramentas avançadas como telas touch screen para que as maquetes tenham elevação automática, água de verdade, sem contar a movimentação de carrinhos pelos condomínios.

“A maquete com movimento, sensores e aberta, transporta o consumidor para o cenário. Ele tem a oportunidade de sentir dentro daquele espaço, ou seja, se sente pertencendo aquele mundo”, diz.

Fabio reforça que agora o consumidor 3.0, munidos de celulares, tablets e smartphones, costumam registrar tudo e com isso, facilita na hora da decisão e principalmente, comprovam se o projeto será fiel à maquete.

Com a abertura de crédito, a grande oferta do mercado e o acesso à tecnologia e informações jurídicas, fez surgir um novo perfil de consumidor, que busca o melhor produto, com os melhores preços. As empresas precisam entender seu público e se atualizarem para serem lembradas pelo novo consumidor 3.0. 


Fonte : dci.com.br