domingo, 25 de agosto de 2013

A Morte Dos Jornais Impressos


RECENTE ESTUDO FEITO POR UMA CONSULTORIA NORTE-AMERICANA, A FUTURE EXPLORATION NETWORK, EM MAIS DE 20 PAÍSES DO MUNDO CHEGOU A UMA CONCLUSÃO  BASTANTE INTERESSANTE. 
NA MAIORIA DOS PAÍSES O FIM DOS JORNAIS IMPRESSOS É UMA FORTE TENDÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS ANOS. ESTA SITUAÇÃO ACONTECERIA PRIMEIRO NOS ESTADOS UNIDOS JÁ NO ANO DE 2017.
JÁ EM DOIS DOS PRINCIPAIS PAÍSES DO CONTINENTE SUL-AMERICANO COMO BRASIL E ARGENTINA ESTA SITUAÇÃO ACONTECERIA LÁ PELOS ANOS DE 2017 E 2039 RESPECTIVAMENTE.
QUAIS OS FATORES QUE VÃO INTENSIFICAR ESSE PROCESSO? SEGUNDO A CONSULTORIA AMERICANA ESTÃO O DESENVOLVIMENTO URBANO, ECONÔMICO E A DESIGUALDADE DA RIQUEZA, ALIADO A UMA MAIOR ABSORÇÃO DA TECNOLOGIA, UM MAIOR DESENVOLVIMENTO DA BANDA LARGA, UMA MAIOR QUANTIDADE DE SMARTPHONES E TABLETS EM CIRCULAÇÃO, A RECEITA DECRESCENTE DE PUBLICIDADE NOS JORNAIS, O AUMENTO DOS CUSTOS COM A IMPRESSÃO E O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR.
NO BRASIL O PRIMEIRO JORNAL A APOSTAR NESSA TENDÊNCIA FOI O JORNAL DO BRASIL QUE HOJE NÃO MAIS EXISTE NA VERSÃO IMPRESSA.
PELO QUE CONHEÇO DE ALGUNS COLEGAS QUE AINDA INSISTEM EM NÃO SE ATUALIZAREM, O QUE VAI TER DE CORRETOR DESESPERADO QUANDO ISSO ACONTECER NÃO VAI SER BRINCADEIRA !!!! KKKKKK ATÉ MAIS.